Conselho Curador

Presidente
José Marques de Melo

Bacharel, Doutor, Livre Docente e Professor Titular em Jornalismo, fundou o Departamento de Jornalismo e Editoração da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, unidade universitária da qual foi Diretor (1989-1993). Finda essa gestão, decidiu aposentar-se, depois de 34 anos de serviço público, tendo sido agraciado com o título de Professor Emérito da instituição. Atuou como professor visitante nas Universidades de Barcelona (Espanha), Texas (Estados Unidos da América), Ibero-Americana (México), Diego Portales (Chile) e Simón Bolívar (Bolívia). Exerce atualmente o cargo de Diretor da Cátedra UNESCO de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo. Pesquisador 1 A do CNPq, publicou 25 livros, organizou 73 coletâneas e mais de uma centena de artigos em periódicos científicos do país e do exterior. Orientou mais de uma centena de teses de doutorado e/ou dissertações de mestrado. Integrou o Conselho Deliberativo do CNPq e presidiu a Comissão de Especialistas em Comunicação Social do MEC. Co-fundou o Laboratório de Estudos Avançados de Jornalismo da UNICAMP. Sócio-fundador, exerceu a presidência da Intercom nos períodos 1977-1983 e 2005-2008, tendo atuado permanentemente como conselheiro e animador da entidade. Mais informações: www.marquesdemelo.pro.br

Vice-Presidente
Manuel Carlos Chaparro

Doutor em ciências da Comunicação e professor de jornalismo da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. É também jornalista, tendo iniciado carreira no ano de 1957, em Lisboa. No Brasil, para onde emigrou em 1961, foi repórter, editor e/ou articulista em vários veículos de grande circulação, entre os quais Jornal do Commercio (Recife, PE), Diário de Pernambuco, Jornal do Brasil, Folha de S.Paulo, Diário Popular e revistas como Visão e Mundo Econômico. Com trabalhos individuais, recebeu menção honrosa no Prêmio Esso de Reportagem de 1962, conquistou o Prêmio Esso de Reportagem/Região Norte-Nordeste nos dois anos seguintes e ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo/Informação Econômica em 1966. Formou-se em jornalismo na ECA-USP em 1982. Na mesma escola, concluiu o mestrado em 1987, o doutorado em 1993 e a livre-docência em 1997. Aposentou-se em 2001, como professor-associado (livre-docente). Foi presidente da Intercom entre 1989 e 1991.

Secretária
Cicilia Peruzzo

Mestre em comunicação social pela Universidade Metodista de São Paulo e doutora em ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Faz parte do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Umesp. Foi professora da Universidade Federal do Espírito Santo e da Associação Educacional de Vitória, ES. Presidiu a Intercom entre 1999 e 2002. É autora dos livros “Relações Públicas no Modo de Produção Capitalista” e “Comunicação nos Movimentos Populares: a Participação na Construção da Cidadania” e organizadora de diversas coletâneas de Comunicação. Publicou diversos artigos em revistas científicas, no Brasil e no exterior.

Conselheira
Margarida Kunsch

Professora titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde leciona nos cursos de graduação e pós-graduação, sendo membro da comissão de pós-graduação; coordenadora do curso de pós-graduação lato sensu em gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas; e coordenadora do curso de graduação em relações públicas. Atua como pesquisadora vinculada ao –Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério de Ciência e Tecnologia do Brasil. É bacharel em comunicação social, com habilitação em relações públicas, mestre e doutora em ciências da Comunicação e livre-docente em teorias e processos de comunicação institucional pela ECA-USP. Sua trajetória acadêmica e profissional foi marcada por uma efetiva participação em entidades científicas e associações de classe nacionais e internacionais da área da Comunicação, tendo ocupado cargos diretivos em diversas delas: Intercom, Associação Brasileira de Relações Públicas/seção São Paulo (ABRP/SP), Asociación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación (Alaic), Associação Iberoamericana de Comunicação (AssIbercom) e International Association for Media and Communication Research (IAMCR).

Conselheira
Ana Maria Fadul

Concluiu o doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo em 1980. Publicou 3 livros, 10 capítulos de livros, 20 artigos em periódicos especializados, 2 trabalhos em anais de eventos. Orientou 19 dissertações de mestrado e 7 teses de doutorado, além de 3 trabalhos de conclusão de curso na área de Comunicação. Entre 2002 e 2005 coordenou 7 projetos de pesquisa, interagindo com 11 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Sua produção científica, tecnológica e artístico-cultural focaliza principalmente: Internacionalização da Comunicação, Mercosul, Fluxos e Grupos de Mídia, Televisão, Telenovela, Rádio, Internet.

Conselheira
Maria Immacolata Vassalo de Lopes

Mestra e doutora em ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, fez o pós-doutorado na Universidade de Firenze, Itália. É professora livre-docente da Escola de Comunicações e Artes da USP, professora visitante em diversas universidades da América Latina e da Europa e professora do programa de professores visitantes da Federación Latinoamericana de Facultades de Comunicación Social (Felafacs). Na ECA, preside a comissão de pós-graduação e coordena o Programa de Mestrado e Doutorado em Ciências da Comunicação. É presidente da Associação Ítalo-Latino-Americana de Comunicação (Ailac) e cocoordenadora do Observatório Ibero-Americano da Ficção Televisiva (Obitel). Representa a área da Comunicação no CNPq, do qual é pesquisadora 1. Dirige a coleção “Comunicação Contemporânea”, da Editora Loyola. Publicou inúmeros livros e artigos no país e no exterior.

Conselheira
Sonia Virginia Moreira

Graduou-se em comunicação social/jornalismo na Universidade Gama Filho (1977), fez mestrado em jornalismo na Universidade do Colorado, nos Estados Unidos (1981), e formou-se doutora em ciências da Comunicação na Universidade de São Paulo (1999). Professora-associada da Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, integra o corpo docente do Departamento de Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação. É membro do conselho curador da Intercom, vice-presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), board member-at-large for the Americas da International Communication Association (ICA) e membro titular da Câmara de Linguagens e Artes da Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS É pesquisadora sênior de duas redes internacionais de investigação científica: Worlds of Journalism Study (Universidade de Munique) e International Media Concentration Research Project (Universidade de Columbia, NY). Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq, lidera o grupo de pesquisa Geografias da Comunicação. Tem experiência no campo da Comunicação, com ênfase em jornalismo e radiodifusão, atuando principalmente nas seguintes áreas: estudos de rádio, estudos de jornalismo, comunicação internacional, economia de mídia e indústria de mídia.

Conselheiro
Galdêncio Torquato

Pioneiro da comunicação organizacional no país e um dos maiores especialistas brasileiros em comunicação organizacional e marketing político e eleitoral, tendo escrito as primeiras obras nessas áreas. Professor titular da Universidade de São Paulo, livre-docente e doutor em comunicação, Gaudêncio Torquato é também jornalista. Escreve para 120 jornais brasileiros, a partir de O Estado de S.Paulo. Consultor de marketing organizacional e político, coordenou e desenvolveu campanhas políticas em eleições majoritárias (governos de estado e prefeituras) e proporcionais em diversos estados. Na área empresarial, produziu planos diretores de comunicação para empresas públicas e privadas e presta, hoje, consultoria a diversas organizações na área de comunicação estratégica. Mais informações: www.gtmarketing.com.br.

Conselheiro
Antonio Carlos Hohlfeldt

É graduado em letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1973) e mestre (1991) e doutor (1998) em letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Atualmente é professor titular (40 horas) da PUCRS. Tem experiência no campo das letras, com ênfase em literatura sul-rio-grandense e brasileira, e no da comunicação social, com ênfase em teoria da Comunicação e história do jornalismo, atuando principalmente nas seguintes áreas: artes cênicas, criação dramática, teoria e história do jornalismo, comunicação social e teoria da Comunicação. Fez estágio pós-doutoral em 2008, na Universidade Fernando Pessoa. Na PUCRS, atua nos Programas de Pós-Graduação em Escrita Criativa (Faculdade de Letras) e de Comunicação Social (Faculdade de Comunicação Social).

Conselho Fiscal

Sandra Lucia Amaral de Assis Reimão

Professora Livre-docente da Universidade de São Paulo (USP) na Escola de Artes, Ciencias e Humanidades (EACH) e no Programa de Pós Graduação em Comunicação da Escola de Comunicações e Artes (PPGCOM-ECA) e pesquisadora de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Graduada em Filosofia pela USP. Mestre e Doutora em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Estágios pós-doutorais na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS). Publicou, entre outros, os livros: Mercado Editorial Brasileiro (Com-Arte / FAPESP, 1996), Livros e televisão - correlações (ATELIE, 2004) e Repressão e resistência - censura a livros na ditadura militar (EDUSP/ FAPESP, 2011). Atua principalmente nos seguintes temas: editoração, livros, mercado editorial brasileiro, interfaces dos livros com outras mídias.

Raquel Paiva

Graduada em jornalismo pela Faculdade de Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora (1981), tem especialização em taller de postgrado pelo Centro Internacional de Estudios Superiores de Comunicación para América Latina (1985) e aperfeiçoamentoem latino America electronic media exchange program pela Arizona State University (1985). É mestre (1991) e doutora (1997) em comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e PDE pela Università degli Studi di Torino, Itália. Atualmente é professora-associada da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área da Comunicação, com ênfase em teoria crítica da Comunicação. Coordena o Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária.

Elza Aparecida de Oliveira Filha

Doutora em ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2006), mestre em sociologia pela Universidade Federal do Paraná (2002) e bacharel em comunicação social/jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (1976). Como jornalista profissional, atuou em jornais locais, estaduais e nacionais, com destaque para O Globo, onde trabalhou de 1978 a 1998. É autora do livro “Olhares sobre uma Cobertura: Eleições de 2002 para o Governo do Paraná em Três Jornais Locais” (Curitiba: Pós-Escrito, 2007). No magistério superior tem experiência na área da Comunicação, com ênfase em jornalismo e destaque para redação jornalística, jornal laboratório e teorias da Comunicação e do jornalismo. Atua na vida acadêmica desde 1999, tendo trabalhado em diversas universidades públicas e particulares. É professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em Curitiba, e foi coordenadora da divisão temática “Jornalismo Impresso” da Intercom no período 2009-2012.

Luiz Alberto de Farias

Doutor em comunicação e cultura pelo Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (Prolam) da Universidade de São Paulo; mestre em comunicação e mercado; especialista em teoria da Comunicação e graduado em relações públicas pela Faculdade Cásper Líbero; graduado em jornalismo pela Universidade Cruzeiro do Sul. É professor doutor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde coordenou o curso de relações públicas em 2012-2013 e atua, como professor permanente, no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Comunicação; é professor titular licenciado da Faculdade Cásper Líbero, onde coordenou o curso de relações públicas de 2011 a 2013; e foi professor e coordenador do curso de comunicação social da Universidade Cruzeiro do Sul. Ocupa o cargo de diretor acadêmico das Escolas de Comunicação e Educação da Universidade Anhembi Morumbi (Laureate International Universities), onde também leciona, como professor colaborador, no programa de pós-graduação stricto sensu em comunicação. Atualmente é diretor-presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. Tem experiência como editor na Organicom: Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas e no Jornal Intercom. Já ocupou os seguintes cargos: diretor administrativo da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação; diretor administrativo da Associação Brasileira de Pesquisadores de Relações Públicas e Comunicação Organizacional (Abrapcorp); vice-presidente de planejamento e, por duas gestões, presidente da Associação Brasileira de Relações Públicas/seção São Paulo (ABRP/SP); e conselheiro suplente do Conselho Regional dos Profissionais de Relações Públicas/2ª Região (SP/PR). Coapresentou, na Rádio USP, o programa “Trilha Profissional”. Foi organizador do livro “Relações Públicas Estratégicas” (Summus, 2011) e coorganizador de “Aprender na prática” (São Paulo: Unicsul/Ed. Inteligentes, 2007). Escreveu “A Literatura de Relações Públicas: Produção, Consumo e Perspectivas” (São Paulo: Summus, 2004) e, como coautor, “Comunicación Estratégica en las Organizaciones” (México-DF: Trillas, 2006), “Hiperpublicidade” (São Paulo: Thomson, 2007),

Osvando J. de Morais

Com doutorado em ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP), é mestre em literatura brasileira e graduado em letras pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Pesquisador e professor de teorias da Comunicação e da cultura, tem experiência na área de letras, com ênfase em crítica literária, relações entre literatura e televisão e adaptação de textos literários para cinema e televisão. É autor do livro “Grande Sertão: Veredas – o Romance Transformado” (São Paulo, Edusp/Fapesp, 2000). Dirige as seguintes coleções: “Azul” (Ateliê Editorial); “Verde-Amarela”, “GPs” e “Beltranianas” (Intercom); e “Memórias” (que inclui as séries “Personalidades” e “Documentos”). Editor e diretor editorial da Intercom Nacional, tem organizado publicações, escrito artigos na área da Comunicação e atuado como líder do grupo de pesquisa Teorias da Comunicação e da Cultura. Desenvolve atualmente pesquisas em teorias da Comunicação, discutindo as relações entre ideologia e cultura de massa nos grandes meios de comunicação.

Representantes dos pesquisadores

Norval Baitello Júnior

Norval Baitello Júnior concluiu o doutorado em Comunicação na Freie Universität Berlin em 1987. Atualmente é professor titular na Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da Pontíficia Universidade Católica de São Paulo. Foi diretor da Faculdade de Comunicação e Filosofia da PUC-SP, tendo criado os cursos de Comunicação e Artes do Corpo e Comunicação em Multimeios. Foi professor convidado das Universidades de Viena, Sevilha, S. Petersburg, Autónoma de Barcelona e Évora. Livros mais recentes: A Serpente a Maçã e o Holograma (2010), La Era de La Iconografia (Sevilha, 2008), Flussers Völlerei (Köln, 2007) e o Pensamento Sentado. Sobre Clúteos, Cadeiras e Imagens (S. Leopoldo,2012). Desde 2007 é Coordenador da Área de Comunicação e Ciências da Informação (CHS II) da Fapesp.

Paulo RogérioTarsitano

Bacharel em comunicação social/publicidade e propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo (1978), mestre em ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (1990) e doutor em comunicação social pela Universidade Metodista de São Paulo (1999). Atualmente é diretor da Faculdade de Comunicação da Universidade Metodista de São Paulo. Tem experiência no campo da Comunicação, com ênfase em redação e criação publicitária, atuando principalmente nas seguintes áreas: publicidade e propaganda, mercado de comunicação, pesquisa e comunicação, pesquisa e ensino. Integra a diretoria executiva da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP).

Juremir Machado da Silva

Nascido em Santana do Livramento, RS, em 29 de janeiro de 1962. Em 1984, graduou-se em jornalismo e em história pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É mestre em sociologia da cultura pela Université Paris Descartes (1992) e doutor em sociologia da cultura pela Université Paris V René Descartes (1995). Atualmente é professor titular da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência no campo da sociologia, com ênfase em sociologia da cultura, sociologia da mídia e sociologia do imaginário, atuando principalmente nas seguintes áreas: cultura, imaginário, mídia, comunicação, história e tecnologia. É tradutor, romancista e cronista. Até o final de 2013 havia publicado 30 livros individuais, três deles traduzidos para o francês. Entre suas obras mais conhecidas estão “Anjos da Perdição: Futuro e Presente na Cultura Brasileira” (Sulina, 1996), “Getúlio” (Record, 2004), “História Regional da Infâmia: o Destino dos Negros Farrapos e Outras Iniquidades Brasileiras” (L&PM, 2010), “1930: Águas da Revolução” (Record, 2010), “Vozes da Legalidade: Política e Imaginário na Era do Rádio” (Sulina, 2011), “A Sociedade Midíocre: Passagem ao Hiperespetacular – o Fim do Direito Autoral, do Livro e da Escrita” (Sulina, 2012) e “Jango: a Vida e a Morte no Exílio” (L&PM, 2013).

Joseph Straubhaar

Professor titular do Departamento de Rádio, Televisão e Cinema da Universidade do Texas, em Austin, EUA. Realiza pesquisas nas seguintes áreas: mídia global; internet; televisão no Brasil e na América Latina; tecnologia (inclusão digital no Brasil e Estados Unidos); e cultura regional no Brasil e nos Estados Unidos.

Tomás José Jane

É graduado em jornalismo pelo Instituto Metodista de Ensino Superior (1986) e em teologia pela Faculdade de Teologia Metodista Livre (1987), e tem mestrado (1990) e doutorado (2006) em comunicação social pela Universidade Metodista de São Paulo. Atualmente ocupa o cargo de diretor-geral da Escola Superior de Jornalismo, sendo professor auxiliar nessa instituição e no Instituto Superior de Relações Internacionais. Orienta dissertações nos cursos de licenciatura e de mestrado oferecidos pelas seguintes instituições: Escola Superior de Jornalismo, Escola de Comunicação e Artes da Universidade Eduardo Mondlane, Instituto Superior de Relações Internacionais e Universidade Politécnica. Coordena pesquisas em ciências da Comunicação, com ênfase em comunicação para o desenvolvimento, atuando principalmente nas seguintes subáreas: ensino e pesquisa em comunicação social, comunicação comunitária, mobilização social e desenvolvimento local e comunitário.

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h



Coordenação : Ana Paula Goulart Ribeiro
Edição : Cláudio Ornellas

intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA