GP Gêneros Jornalísticos


Ementa

O conceito de gêneros e seus usos no jornalismo. Pesquisas sobre gêneros em quatro categorias: 1) Gêneros no jornalismo impresso; 2) Gêneros no radiojornalismo; 3) Gêneros no telejornalismo 4) Gêneros no ciberjornalismo e outros espaços digitais. Gêneros jornalísticos e suas relações com outros conteúdos midiáticos. A questão da hibridização e a formação de novos gêneros. Formatos e categorias jornalísticas. Novas formatações e gêneros no jornalismo alternativo. O jornalismo especializado e suas características de linguagem e formatação.

Palavras-chave: gêneros, formatos, categorias, jornalismo especializado, hibridização.

E-mail do grupo: gp.generos.jornalisticos@intercom.org.br

Coordenadora: Clarissa Josgrilberg Pereira (FURB)

Currículo lattes






Vice-coordenadora: Marli dos Santos (Cásper Líbero)
Currículo lattes






PUBLICAÇÕES PRODUZIDAS COLETIVAMENTE PELO GP

MELO, J. M. DE; LAURINDO, R.; ASSIS, F. DE. Gêneros jornalísticos: teoria e práxis. Blumenau: Edifurb, 2012.

PEREIRA, C.J et al. Jornalismo Comparado: um dia na imprensa brasileira. Blumenau: Edifurb, 2016.


PESQUISAS EM ANDAMENTO

Dez anos dos estudos do Grupo de Gêneros Jornalísticos da Intercom

LIVROS AVULSOS

LAURINDO, R. O jornalismo diversional de Fátima Bernardes. São Paulo: Primavera Editorial, 2015.

TEMER, A.C; PERENCIN, M. A Televisão Em Busca da Interatividade . São Paulo: Casas das Musas, 2009.

BIBLIOGRAFIA DE REFERÊNCIA

ASSIS, Francisco. Jornalismo com traços de literatura: alguns apontamentos sobre o gênero diversional. XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Curitiba: 2009. Disponível em: http://www.intercom.org.br/premios/2009/franciscoassis.pdf. Acesso em 30 de junho de 2019.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 5.ed. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.

BELTRÃO, Luiz. Jornalismo interpretativo: filosofia e técnica. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, 1980. p. 122.

CANAVILHAS, João (Org.) Notícias e Mobilidade: O Jornalismo na Era dos Dispositivos Móveis. Portugal: Labcom, 2013.

CHAPARRO, Manuel Carlos. Sotaques d’aquém e d’além mar: percursos e gêneros jornalísticos do jornalismo português. São Paulo: Summus, 2008.

MARQUES DE MELO, José. Jornalismo opinativo: gêneros opinativos no jornalismo brasileiro. 3. ed. Campos do Jordão: Mantiqueira, 2003.

MARQUES DE MELO, José; ASSIS, Francisco de. Gêneros jornalísticos no Brasil. São Paulo: Universidade Metodista, 2010

SALAVERRÍA, Ramón. Redacción periodística en internet. Pamplona: Ediciones Universidad de Navarra, S.A, EUNSA, 2005.

SEIXAS, Lia. Para compreender gêneros jornalísticos – teorias do jornalismo e midiologia. In: SEIXAS, Lia; PINHEIRO, Najara Ferrari (Orgs.). Gêneros: um diálogo entre comunicação e linguística. Florianópolis: Insular, 2013.

SEIXAS, Lia. Redefinindo os gêneros jornalísticos: proposta de novos critérios de classificação. Salvador: Labcom/UFBA, 2009a.

TEMER, A.C; PERENCIN, M. A Televisão Em Busca da Interatividade. São Paulo: Casas das Musas, 2009.

VAZ, Tyciane Cronemberger Viana. Jornalismo utilitário – teoria e prática: fundamentos, história e modalidades de serviço na imprensa brasileira. Tese (Doutorado). São Bernardo do Campo: Umesp, 2013.

PESQUISADORES DO GP:

Ana Carolina Temer http://lattes.cnpq.br/2424054335258827

Clarissa Josgrilberg Pereira http://lattes.cnpq.br/5886744998344124

Maria Elizabete Antonioli http://lattes.cnpq.br/5554699672476575

Marli dos Santos http://lattes.cnpq.br/2138863738197222

Roseméri Laurindo http://lattes.cnpq.br/4441247143191078

Sônia Maria Ribeiro Jaconi http://lattes.cnpq.br/7076315559203560

Tyciane Cronemberger Viana Vaz http://lattes.cnpq.br/9484145212123442

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA