ESPECIAL EXPOCOM: Conheça três vencedores de 2018

22 de janeiro de 2019

A cerimônia de premiação da Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom) é um dos momentos mais aguardados nos congressos anuais da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Costumeiramente realizada no último dia do congresso nacional, a grande final da premiação reúne centenas de estudantes e professores, que ouvem com atenção o anúncio dos vencedores do ano; a cada categoria proferida, gritos de surpresa e salvas de palmas demonstram a alegria que é ser um finalista. Mas esse dia especial é apenas o clímax de meses de muito trabalho: cada um ou uma desses ganhadores criou e executou um projeto experimental de qualidade, passou pelo processo de escolha de sua instituição de ensino e, depois, pela pré-seleção em um congresso regional da Intercom.

A partir desta edição, o JORNAL INTERCOM traz um pouco dessa “maratona” nas palavras de quem a vivenciou de fato: os estudantes que receberam o troféu da Expocom 2018, no dia 8 de setembro na Universidade da Região de Joinville (Univille), em Joinville (SC). A seguir, conheça três deles, todos selecionados no Intercom Nordeste, em julho de 2018 em Juazeiro (BA).

EXPOCOM 2018

COBAIA
CATEGORIA: Produção Transdisciplinar
MODALIDADE: PT09 Roteiro de Games (avulso)
INSTITUIÇÃO: Universidade Católica de Pernambuco (Unicap)
EQUIPE: Rodrigo Sérgio Ferreira de Paiva; Igor César da Silva Santos; Gabriel Monteiro Nascimento; Melissa Ribeiro Silva; Jarbas Espíndola Agra Júnior (orientador).

DESCRIÇÃO: O roteiro do game “Cobaia” foi um trabalho das disciplinas Comunicação Transmídia e Estudos da Comunicação. Assinado ficticiamente pela organização PEA, transmite mensagem contrária ao uso de animais como cobaias laboratoriais em testes de produtos realizados por empresas comerciais. Também foram idealizadas ações e interações complementares ao roteiro: descrição da narrativa proposta, um storyboard, um fluxo de telas, um briefing, artes finais e a base para a mecânica do game.
DEPOIMENTO: Rodrigo Sérgio Ferreira de Paiva
“Em 2016, participei do Intercom Júnior no regional Nordeste, em Caruaru, já em companhia dos demais membros da equipe, com um artigo sobre a evolução das campanhas da Skol na primeira década de 2000. No ano seguinte, em Fortaleza, participei pela primeira vez da Expocom com um trabalho sobre racismo institucional; não ganhamos, mas nem por isso baixamos a cabeça. Continuamos firmes nas atividades acadêmicas, e 2018 veio para fazer tanto esforço valer a pena. Vencer a Expocom em Joinville foi o ápice de uma grande viagem acadêmica que nos permitiu conhecer alunos brilhantes vindos de todo Brasil e ter experiências completamente novas, como até mesmo viajar de avião pela primeira vez e ir para o outro lado do país.

O momento da premiação foi uma mistura de ansiedade, alívio e satisfação. O anúncio da vitória é o momento que faz a espera pela aceitação do trabalho no congresso valer a pena – que faz a viagem em si valer a pena. No fim, é um sentimento de alegria e orgulho próprio, acompanhado pelo carinho dos que nos parabenizam sempre a cada conquista. Um agradecimento especial ao nosso orientador Jarbas Agra e nossa coordenadora Thelma Guerra por permitirem que esse momento realmente chegasse.

Mais do que um prêmio, a importância da Expocom é mostrar ao mundo do que nós, futuros profissionais, somos capazes. É alcançar o reconhecimento e o respeito dos nossos professores, da universidade e dos outros alunos. Imagino que essa conquista ainda abrirá muitas portas no futuro, como uma grata contribuição para nossos currículos e portfólios.

Concluí em 2018 o curso de Publicidade e Propaganda da Unicap. O que vejo para o futuro é mais dedicação para um número ainda maior de conquistas pessoais e acadêmicas. Nosso trabalho não vai parar. Continuaremos a produzir, agora como profissionais dentro do mercado.”

RÁDIO NA REAL – Educação para os direitos humanos nas ondas da web

CATEGORIA: Rádio, TV e Internet

MODALIDADE: RT01 Programa laboratorial de áudio (avulso ou seriado)

INSTITUIÇÃO: Universidade Católica de Pernambuco (Unicap)

EQUIPE: Laís Arcanjo Soares da Silva, Rebecka Kelly de Santana Santos, Gabriela Passos de Oliveira Melo, Andrea de Lima Trigueiro de Amorim (orientadora).

DESCRIÇÃO: O trabalho foi desenvolvido a partir de experiência realizada no segundo semestre de 2017 pelos estudantes do terceiro período de Jornalismo da Unicap em parceria com o projeto Imprensa Mirim, da Secretaria de Educação do Recife. Foram desenvolvidos nove programas de 5 minutos cada, todos com temáticas ligadas aos direitos humanos. Com o protagonismo de nove crianças e adolescentes, sua principal ferramenta de ensino são as práticas educomunicativas, inspiradas nos estudos de Paulo Freire, Ismar de Oliveira Soares e Jesús Martín-Barbero, juntamente às técnicas de rádio e web rádio definidas pelos estudos de Nair Prata (UFOP).

DEPOIMENTO: Laís Arcanjo Soares da Silva

“Foi a primeira vez que submetemos trabalho em um evento da Intercom. Pretendo continuar participando, pois almejo seguir a carreira acadêmica e todo ambiente congressista é cheio de momentos únicos, de aprendizagem, de troca de experiências. Participar desses eventos dá um gás em nossa formação e destaca o potencial do jornalismo que vem sendo feito em todas as partes do Brasil.

Vencer as etapas regional e nacional foi um momento extremamente especial e importante para minha formação como jornalista. Conseguir esse reconhecimento, juntamente com meus colegas de curso, só demonstra o poder do jornalismo e do rádio. Trabalhar a educomunicação como ferramenta pedagógica foi fundamental para todos os alunos que participaram do Rádio na Real; crescemos muito academicamente, e pessoalmente também. A premiação foi só um reconhecimento desse trabalho maravilhoso, que possibilitou apresentar um pouco do que é o radiojornalismo para crianças e adolescentes e também destacar o protagonismo infantojuvenil e a criação de um pensamento mais crítico por meio do estudo dos direitos humanos.

Infelizmente, eu não estava presente na cerimônia da premiação nacional. Tive que voltar antes para Recife, e quem recebeu o troféu foi a coordenadora do curso de Jornalismo da Unicap. Chorei de felicidade ao receber a mensagem dela, dos amigos que estavam na premiação, todos muito felizes com a conquista. Foi uma sensação incrível, mesmo não podendo subir ao palco para receber o prêmio em mãos. Mas no regional pude sentir isso: estava ao lado da minha orientadora e dos colegas de trabalho, e foi simplesmente inesquecível.”

MULHER DA VIDA – É preciso falar

CATEGORIA: Jornalismo

MODALIDADE: JO09 Reportagem em Radiojornalismo (avulso)

INSTITUIÇÃO: Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

EQUIPE: Beatriz Enedina Lopes Granja, Lucas Matheus Oliveira Barros, Jayanne Rodrigues Sousa, Mayane Cristina dos Santos Silva, Thiago Elias Santos Silva e Teresa Leonel Costa (orientadora).

DESCRIÇÃO: O trabalho apresenta uma reportagem radiofônica cujo objetivo é promover o debate sobre a violência sofrida pela mulher prostituta, frequentemente minimizada pela Justiça, pela mídia e pela sociedade em geral. Escutamos especialistas e mulheres em situação de prostituição para contar suas histórias. A reportagem é produto final da disciplina Radiojornalismo II.

DEPOIMENTO: Jayanne Rodrigues

“Costumo dizer que participar da Expocom foi meu primeiro intercâmbio no jornalismo, pois nunca havia participado de um congresso, e as relações construídas com estudantes de outras regiões ampliou minha visão de mundo.

É difícil concorrer de forma igualitária com estudantes cursando jornalismo em uma universidade que possui estrutura e recurso financeiro. Mesmo assim, nós, discentes de universidades públicas, conseguimos compartilhar nosso conhecimento e desejamos ter outras oportunidades para mostrar que a universidade pública – e nordestina – tem muita história para contar.

Vencer a Expocom 2018 me mostrou que estou no caminho certo. Primeiro veio aquela sensação: ‘Eu não acredito’. Depois, o suspiro de alívio de dever cumprido, porque não é fácil representar tantas vozes e falar de um tema tão estereotipado como abordamos nessa radiorreportagem.

Nossa equipe já produziu material no segundo semestre de 2018 similar aos formatos de algumas categorias de Jornalismo. Em 2019, queremos concorrer em Mídias Digitais ou Website.

Vou seguir fortalecendo o jornalismo defensor das causas sociais, abrindo espaços para pessoas em situação de vulnerabilidade serem protagonistas da sua própria história. Além disso, como desejo trilhar carreira no rádio, acredito que receber um prêmio nacional nessa área tem um peso no meu currículo.”

Clique aqui e confira fotos dos ganhadores do Expocom 2018

LEIA TAMBÉM:

Tudo sobre a exposição e premiação de trabalhos experimentais da graduação

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA