POR DENTRO DOS GPs: GP ESTÉTICAS, POLÍTICAS DO CORPO E GÊNEROS

7 de maio de 2019

A Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) mantém atualmente 34 Grupos de Pesquisa (GPs), que congregam pesquisadores de todo o Brasil em torno dos mais diversos temas do campo da Comunicação. O ponto alto do trabalho desenvolvido nos GPs é o Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, cuja 42ª edição será realizada de 2 a 7 de setembro de 2019 na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém, com o tema central “Fluxos comunicacionais e crise da democracia”.

Um dos GPs criados recentemente no âmbito da Intercom é o Grupo de Pesquisa Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros, lançado em dezembro de 2017 e atualmente coordenado pela professora Gabriela Machado Ramos de Almeida (ULBRA), com vice-coordenação do professor Jorge Luiz Cunha Cardoso Filho (UFRB). O GP destacou-se já no primeiro ano, com um total de 43 trabalhos submetidos para sua sessão no congresso nacional Intercom 2018.

Para a edição de 2019, os pesquisadores têm até o dia 1º de julho para submeter seus trabalhos. Clique aqui e confira a chamada de trabalhos para os 34 GPs da Intercom.

Assim como fez no Intercom 2018, o GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros terá uma conferência de abertura em seu primeiro dia de encontro no Intercom 2019. Neste ano, a conferência será proferida pela professora Zélia Amador (UFPA), referência nacional nos estudos étnico-raciais e ativista do movimento negro. Zélia Amador fundou o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará e o Grupo de Estudos Afroamazônicos da UFPA; é coordenadora do Curso de Especialização "Saberes Africanos e Afro-Brasileiros na Amazônia"; foi presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN); é diretora e atriz de teatro; e suas pesquisas abordam Estética e História e Teoria do Teatro.

A coordenadora Gabriela Machado Ramos de Almeida conversou por e-mail com o JORNAL INTERCOM para traçar um breve panorama do GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros. Confira.

INFORMAÇÕES BÁSICAS
E-mail do grupo: gp.politicas.corpo@intercom.org.br
Facebook: www.facebook.com/gpesteticasintercom
Instagram: www.instagram.com/gpesteticasintercom
Grupo de discussão: gpesteticasepoliticasdocorpointercom@googlegroups.com
Ementa: http://www.portalintercom.org.br/eventos1/gps1/gp-esteticas-politicas-do-corpo-e-generos

HISTÓRICO

O GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros foi proposto à Intercom em 2017 e sua criação, aprovada em dezembro. Então, em 2018, o grupo começou a funcionar e teve seu primeiro encontro no congresso nacional da Intercom realizado em setembro em Joinville (SC), com conferência de abertura ministrada pelo professor Carlos Camargos Mendonça (UFMG).

Já nesse primeiro encontro, foi um dos GPs mais procurados do congresso nacional da Intercom, tanto em termos de artigos submetidos (43 no total) quanto de público, com sala lotada em várias sessões. “Penso que isso reflete a demanda que havia por um espaço específico para discussões sobre gênero, raça, etnia, classe e sexualidade nos eventos científicos da área de Comunicação no Brasil. Até então, trabalhos com essas temáticas ficavam dispersos em outros GPs”, analisa a professora Gabriela Machado Ramos de Almeida, acrescentando que este é o primeiro espaço dedicado à discussão sobre políticas do corpo numa interface com a Comunicação em eventos científicos da área no Brasil.

PESQUISA

Atualmente, o GP conta com 28 pesquisadores ativos. A maioria deles é das regiões Sul, Sudeste e Nordeste, mas o GP tem a expectativa de que, com o encontro de 2019 ocorrendo em Belém, receba também participantes das outras regiões do país, principalmente do Norte. “Como o GP tem como objetivo discutir as políticas do corpo (que incluem gênero, raça, etnia, sexualidade e classe), é muito importante para nós que tenhamos diversidade entre os pesquisadores, especialmente regional”, afirma a professora Gabriela.

“As pesquisas desenvolvidas pelos integrantes do grupo discutem as formas como as políticas do corpo estão imbricadas nos processos e produtos midiáticos, desde no nível da representação no nível epistemológico (como é possível pensar nas políticas do corpo a partir de outros olhares que não sejam apenas aqueles que fazem parte de um horizonte teórico-metodológico europeu/estadunidense e branco?). A ideia não é romper com esse cânone, e sim dialogar com ele, mas também tensioná-lo e expandi-lo, sempre que possível”, explica a coordenadora.

PUBLICAÇÕES
Em 2018, foi publicado um dossiê temático na revista “Contemporânea” (v. 16, n. 1), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), comemorativo da criação do GP. Dezenas de artigos foram recebidos, dos quais 15 foram publicados. Clique aqui para ler a íntegra do dossiê.
Atualmente, o GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros está organizando um livro com artigos apresentados no primeiro encontro GP, em 2018. A expectativa é de que o lançamento ocorra no 42º congresso Intercom, em setembro de 2019 em Belém.

LEIA TAMBÉM:

GP Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura

GP Teorias do Jornalismo

GP Estudos de Televisão e Televisualidades

Com 34 Grupos de Pesquisa, Intercom contribui para consolidação do campo das Ciências da Comunicação

GP Rádio e Mídia Sonora

GP Comunicação e Esporte

GP Comunicação e Religião

11 Grupos de Pesquisa têm novas coordenações

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA