Por Dentro dos GPs: Grupo de Pesquisa Games

25 de junho de 2019

Pesquisadores, estudantes de pós-graduação e profissionais com bacharelado em Comunicação têm até o dia 1º de julho para submeter trabalhos ao Encontro dos Grupos de Pesquisa da Intercom, realizado no âmbito do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2019). Com o tema central “Fluxos comunicacionais e crise da democracia”, o congresso nacional da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) vai de 2 a 7 de setembro de 2019 na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém.

A Intercom conta atualmente com 34 Grupos de Pesquisa (GPs), entre os quais está o GP Games, com coordenação do professor Thiago Pereira Falcão (UFMA) e vice-coordenação da professora Suely Fragoso (UFRGS).

O JORNAL INTERCOM conversou por e-mail com o professor Emmanoel Ferreira (UFF), pesquisador que participa ativamente do GP Games, e com o coordenador Thiago Falcão (UFMA). Confira.

GP GAMES

INFORMAÇÕES GERAIS

E-mail: gp.games@intercom.org.br

Facebook: www.facebook.com/gpgamesintercom

Ementa: http://www.portalintercom.org.br/eventos1/gps1/gp-...

HISTÓRICO
O GP Games realizou seu primeiro encontro em 2016, no 39º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2016), realizado na Universidade de São Paulo, na capital paulista. Naquela primeira edição, 31 trabalhos foram apresentados no GP, por pesquisadores de quatro regiões do país (Norte, Nordeste, Sudeste e Sul), entre mestrandos, mestres, doutorandos e doutores. “Já nesse primeiro encontro, contamos com a presença tanto de pesquisadores que estudam games por tempo considerável (ao menos uma década) como de iniciantes nesse campo de pesquisa”, afirma o professor Emmanoel Ferreira. Além dos trabalhos apresentados, o GP promoveu no Intercom 2016 dois debates com convidados: “Gêneros do fantástico nos videogames”, composta pelos professores-pesquisadores Laura Cánepa (UAM), Fabio Fernandes da Silva (PUC-SP) e Thiago Falcão (UFMA), com mediação de Bruno Nogueira (UFPE); e uma mesa-redonda com os professores-pesquisadores Raquel Timponi (UERJ), Jane Marques (USP) e Suely Fragoso (UFRGS), com mediação de Emmanoel Ferreira (UFF).

A segunda edição do GP, realizada em 2017 em Curitiba durante o 40º Intercom nacional, contou com um total de 28 trabalhos, incluindo pesquisadores que haviam participado da primeira edição do GP e novos participantes.

O terceiro e mais recente encontro do GP foi em setembro de 2018 em Joinville, também no âmbito do congresso nacional da Intercom. Nas sessões, foram apresentados 27 trabalhos, e uma palestra de Jorge Cardoso Filho (UFRB/UFBA) foi apresentada em parceria com o GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gênero.

Segundo a coordenação do GP Games, a pesquisa nessa temática carecia de um espaço científico para discussão de trabalhos focados nos Game Studies e abordagens afins, a exemplo de eventos estrangeiros como o DiGRA (Digital Games Research Association) e o Philosophy of Computer Games. Assim, a criação do Grupo de Pesquisa, em 2016, é um marco para essa área de pesquisa.

PESQUISADORES
O principal meio de contato dos pesquisadores do GP Games é através de uma lista de discussão, na qual estão cadastrados participantes de todas as edições do GP, além da página do GP no Facebook. Os participantes do GP também costumam estabelecer contato em outros eventos da área de Comunicação, incluindo congressos nacionais e locais, como o ENECULT, o COMÚSICA e a COMPÓS.

Os encontros anuais do GP Games nos congressos nacionais da Intercom congregam, em média, entre 40 e 45 pesquisadores, com uma média de 28,7 trabalhos apresentados por ano. A coordenação do grupo traçou o perfil dos participantes em cada encontro já realizado:

  • 2016 – 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – São Paulo/SP

O GP reuniu 44 pesquisadores, sendo 19 mulheres e 25 homens, vinculados a 24 instituições de ensino superior (IES) públicas e 20 privadas. Devido ao local do congresso, a maioria dos participantes era do Sudeste (27), mas também havia representantes do Nordeste, do Sul e do Norte.

  • 2017 – 41º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba/PR

O segundo encontro do GP Games contou com 40 pesquisadores (12 mulheres e 28 homens), sendo 21 de IES públicas e 19 de instituições privadas. O Sudeste foi a região mais representada (19 participantes), seguida pelo Sul (13), Norte (cinco) e Nordeste (três).

  • 2018 – 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Joinville/SC

Dos 44 pesquisadores que apresentaram trabalhos no GP Games, 39 representaram universidades públicas e cinco eram de instituições privadas, distribuídas pelo Sudeste (31 instituições), Sul (nove), Nordeste (três) e Norte (uma). Em termos de gênero, foram 28 pesquisadores e 16 pesquisadoras.

ATUAÇÃO E PUBLICAÇÕES

Em dezembro de 2017, o GP coordenou, em conjunto com o Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano da Universidade Federal Fluminense (UFF), o I Colóquio Internacional Mídia, Cotidiano e Práticas Lúdicas. O evento contou com a participação de Dominic Arsenault, professor da Universidade de Montreal e um dos autores-chave do campo dos Game Studies em âmbito internacional, além de professores-pesquisadores brasileiros, que compuseram mesas-redondas. O colóquio também recebeu trabalhos para apresentação em Grupos de Trabalho (GTs).

Também em 2017, a revista “Lumina” publicou o dossiê “Entretenimento digital: meios e processos do lúdico na cultura contemporânea”, editado por Thiago Falcão e Letícia Perani. A edição temática contou com a contribuição de pesquisadores participantes do GP, além de Thomas Apperley e Darshana Jayemane, pesquisadores internacionais dos Game Studies.

Ainda no mesmo ano, foi publicado o livro “Metagame: Panorama dos Game Studies no Brasil”, organizado por Thiago Falcão e Daniel Marques e publicado digitalmente pela Intercom. O livro, cujo objetivo foi agregar trabalhos de pesquisadores que têm os games como objeto de pesquisa, tem 11 capítulos escritos por brasileiros, todos com passagem pelo GP, e dois capítulos assinados por pesquisadores estrangeiros.

Agora, uma das metas para as quais o GP Games está trabalhando é a criação de uma revista acadêmica focada nos Game Studies, algo que ainda não existe no Brasil.


LEIA TAMBÉM:

CHAMADA DE TRABALHOS PARA O INTERCOM 2019 SEGUE ATÉ 01/07

GP Comunicação para a Cidadania

GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros

GP Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura

GP Teorias do Jornalismo

GP Estudos de Televisão e Televisualidades

Com 34 Grupos de Pesquisa, Intercom contribui para consolidação do campo das Ciências da Comunicação

GP Rádio e Mídia Sonora

GP Comunicação e Esporte

GP Comunicação e Religião

11 Grupos de Pesquisa têm novas coordenações

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA