POR DENTRO DOS GPs: GP CINEMA

17 de julho de 2019

Estudantes e pesquisadores do campo da Comunicação já começaram a contagem regressiva para o 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2019), que será realizado de 2 a 7 de setembro na Universidade Federal do Pará (UFPA), em Belém. As sessões de apresentação de trabalho nos 34 Grupos de Pesquisa (GPs) da Intercom reunirão de bacharéis a pós-doutores em um dos principais encontros científicos da Comunicação no Brasil, que se estenderá de 4 a 6 de setembro.

Um dos GPs promovidos pela Intercom é o Grupo de Pesquisa Cinema, atualmente coordenado pela professora Luíza Beatriz Amorim Melo Alvim (UFRJ), com vice-coordenação da professora Luiza Cristina Lusvarghi (USP).

As coordenadoras do GP Cinema fizeram um balanço sobre o grupo para o JORNAL INTERCOM. Confira.

GP CINEMA
INFORMAÇÕES GERAIS
E-mail: gp.cinema@intercom.org.br
Facebook (grupo fechado): https://www.facebook.com/Cinema/
Ementa: http://www.portalintercom.org.br/eventos1/gps1/gp-cinema


HISTÓRICO
O GP Cinema nasceu em 1997 como Grupo de Trabalho Cinema e Vídeo, sob a coordenação de José Tavares de Barros. Em 2001, adquiriu o nome de Núcleo de Pesquisa Comunicação Audiovisual, com coordenação de Arlindo Machado e, depois (de 2004 a 2009), Alexandre Figuerôa.

Em 2010, os Núcleos de Pesquisa passaram a ser denominados como Grupos de Pesquisa, e o núcleo foi cindido em dois novos grupos autônomos: o GP Cinema (nome atual) e o GP Estudos de Televisão e Televisualidades, ambos atuantes até hoje. Desde 2010, o GP Cinema teve os seguintes coordenadores: Samuel de Paiva, Laura Cánepa (vice: Gustavo Souza), Gustavo Souza (vice: Rodrigo Carreiro), Luiza Lusvarghi (vice: Luíza Alvim) e Luíza Alvim (vice: Luiza Lusvarghi).

PESQUISA
O grupo do GP Cinema no Facebook, criado em 2012, conta com 198 pessoas. “Muitas delas não são sócias da Intercom, embora sejam representantes expressivas da área, ocupando cargos em escolas, fundações e coletivos. Entendemos que isso pode ampliar o circuito de formação e contribuir para a discussão”, escrevem as coordenadoras.

Nos últimos anos, o GP Cinema teve, em suas sessões nos congressos nacionais da Intercom, uma participação muito maior de mestrandos e doutorandos do que de pesquisadores doutores. Segundo a coordenação, isso se deve principalmente ao fato de o Intercom ser um dos poucos eventos científicos que aceitam especialistas e bacharéis.
Quanto à região dos pesquisadores participantes, depende bastante do local de realização do congresso. Por exemplo, nos dois últimos congressos nacionais – realizados em Curitiba (PR) e Joinville (SC) – houve um número grande de pesquisadores do Sul e Sudeste (especificamente São Paulo, cuja malha aérea é maior). “Especialmente no congresso de Joinville (2018), pela dificuldade de acesso, houve uma diminuição grande de pesquisadores do Nordeste”, avalia a coordenação do GP.

Ainda assim, os congressos nacionais da Intercom são um dos principais pontos de contato dos pesquisadores do GP Cinema, que também interagem no grupo de Facebook e pelo e-mail do GP.

A partir de 2010, quando o grupo passou a ser designado como GP Cinema, a média de trabalhos apresentados foi de 50, embora o número tenha variado – de 24, em 2010, chegou a 78 trabalhos em 2015 e 77, em 2016. “Além do crescimento da área de Cinema, podemos atribuir esse aumento ao fato de esses congressos terem sido realizados, respectivamente, no Rio de Janeiro e em São Paulo. De todo modo, o número de trabalhos propostos ao GP tem sido maior”, escrevem as coordenadoras.

ATUAÇÃO
Uma das ações do GP Cinema é a realização de uma mostra cinematográfica. “Estamos tentando ampliar nossa mostra de cinema na modalidade curtas, para poder ampliar a participação de pessoas de outros grupos que tenham afinidade com os temas abordados”, escrevem as coordenadoras Luíza Alvim e Luiza Lusvarghi.

O grupo já publicou dois e-books: “I Estudos de Cinema Intercom” (2015), organizado por Laura Loguércio, Gustavo Souza e Genio Nascimento; e “Cinema, Representação e Relações de Gênero” (2018), organizado por Luiza Lusvarghi, Luiza Beatriz Alvim e Genio Nascimento.

Antes disso, em 2008, foi lançada a revista eletrônica a “Revista NAU”, extinta no ano seguinte, quando a Intercom reestruturou os núcleos de pesquisa e criou dois grupos autônomos – o GP Cinema e o GP Estudos de Televisão e Televisualidades. O primeiro número da revista ainda está disponível on-line.

A maioria dos integrantes do GP Cinema participa também da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine), e alguns pesquisadores fazem parte do grupo de trabalho de Cinema e Audiovisual da Associação Latino-americana de Pesquisadores da Comunicação (ALAIC).

LEIA TAMBÉM:

GP Games

GP Comunicação para a Cidadania

GP Estéticas, Políticas do Corpo e Gêneros

GP Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura

GP Teorias do Jornalismo

GP Estudos de Televisão e Televisualidades

Com 34 Grupos de Pesquisa, Intercom contribui para consolidação do campo das Ciências da Comunicação

GP Rádio e Mídia Sonora

GP Comunicação e Esporte

GP Comunicação e Religião

11 Grupos de Pesquisa têm novas coordenações

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA