Pesquisa da Abraji revela que jornalistas têm difícil acesso a informações no Brasil

17 de dezembro de 2019

Pesquisa divulgada esta semana pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) mostra que o índice de problemas para jornalistas obterem respostas a pedidos feitos via Lei de Acesso a Informações (LAI) chegou ao máximo já registrado em seis anos. Nos níveis federal e estadual, 89% dos profissionais disseram ter enfrentado obstáculos. Nos estados, nove entre dez jornalistas tiveram problemas.

Os dados foram coletados de 4 de abril a 14 de maio de 2019 por meio de um questionário on-line respondido por 85 profissionais, dos quais 68% afirmaram ter usado a LAI para apurações.

Segundo a Abraji, as dificuldades se concentram no Executivo, que também é o Poder ao qual os jornalistas mais fazem pedidos. No nível federal, em que 94% relataram ter tido dificuldades, predominam as respostas que não contêm a informação solicitada (23%). Nos níveis estadual e municipal, o principal problema são as respostas fora do prazo estabelecido pela LAI (máximo de 30 dias), apontadas por 40% e 35% dos jornalistas, respectivamente. No Judiciário, o principal problema é o descumprimento do prazo legal – apontado por 29% dos jornalistas como problema na esfera federal e por 40% na estadual.

Clique aqui para ler o relatório completo.

intercom pinheiros

SÃO PAULO - SP
(11) 2574 8477 | (11) 3596 4747
R.JOAQUIM ANTUNES, 705 - PINHEIROS - 05415-012
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h


intercom BRIGADEIRO

São Paulo - SP
(11) 3892 7558
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA