ATLAS DA NOTÍCIA 2023: COLABORE COM A SEXTA EDIÇÃO DA PESQUISA

15 de março de 2023

Pesquisadores(as) de todo o Brasil já podem aderir à sexta edição do Atlas da Notícia, cuja coleta de dados deve ser concluída em junho deste ano. Realizado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (ProJor), o Atlas da Notícia é o mais completo censo do jornalismo local no Brasil, cobrindo os 5.570 municípios brasileiros para identificar veículos de imprensa, obter informações sobre a atividade jornalística no país, registrar a abertura e o fechamento de empresas de comunicação e identificar desertos de notícias.

Com execução do Volt Data Lab, a pesquisa adota o modelo de crowdsourcing, com a colaboração de professores(as) e estudantes de escolas de jornalismo das cinco regiões do país e de voluntários para a coleta de dados.

“O Atlas da Notícia é um projeto colaborativo que depende de voluntários para mapear a presença do jornalismo local e atualizar a base de dados dos 5.570 municípios brasileiros. O resultado do censo, por si só, é fundamental para analisar a evolução do ecossistema jornalístico no país, mas é importante que outras bases possam se conectar ao Atlas para gerar novos estudos e pesquisas. A participação de grupos de estudos acadêmicos sempre ajuda a atualizar a base enquanto outros estudos que tenham um escopo territorial definido são conduzidos”, afirma Sérgio Lüdtke, coordenador nacional da pesquisa, que será coordenada regionalmente por Angela Werdemberg (Centro-Oeste), Dubes Sônego (Sudeste), Jéssica Botelho (Norte), Mariama Correia (Nordeste) e Marcelo Fontoura (Sul).

Em 2023, o projeto traz uma novidade interessante para pesquisadores(as): uma ferramenta que permitirá o cruzamento de dados do censo com outras bases de dados, ampliando as possibilidades de produção de conhecimento sobre o tema. “Nosso objetivo é retribuir a ajuda voluntária dos pesquisadores com uma base sólida e confiável que possa também contribuir com os trabalhos de pesquisa em Comunicação no país”, explica Lüdtke.

Na última edição, o Atlas da Notícia teve a participação de 174 colaboradores(as) voluntários(as) e identificou 13.734 veículos jornalísticos em atividade no país.

“Para quem está nas universidades trabalhando com análises sobre a ambiência midiática brasileira, o Atlas da Notícia é uma fonte de dados muito preciosa. Além disso, ao realizar o mapeamento, as e os estudantes experimentam um pouco da rotina de pesquisadores, refletindo sobre critérios e metodologias de coleta e análises de dados. É sem dúvida uma parceria em que todos saem ganhando”, conta Ivanise Hilbig de Andrade (UFBA), diretora de Documentação da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) e que colaborou com o Atlas da Notícia entre 2020 e 2021 com pesquisadores do Centro de Estudos e Pesquisa em Análise de Discurso e Mídia (Cepad) da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom-UFBA). Os resultados da pesquisa feita pelo Cepad, além de comporem o Atlas da Notícia, renderam o livro “Jornalismo Local na Bahia: presenças, ausências e novas práticas”, organizado pela professora Ivanise e pelo jornalista e pesquisador João Cláudio de Santana Guerra (UFBA).

Inspirado no projeto America's Growing News Deserts, da Columbia Journalism Review, o Atlas da Notícia é uma iniciativa que tem o apoio institucional da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e patrocínio da Meta. A Intercom, enquanto maior e mais abrangente associação do campo científico da Comunicação do Brasil, apoia a divulgação do projeto junto à comunidade acadêmica desde 2020.

Para aderir à pesquisa, preencha o formulário: https://www.atlas.jor.br/voluntarios-form/.

Para registrar interesse na ferramenta de pesquisa, preencha este formulário: https://www.atlas.jor.br/ferramenta-para-pesquisadores/.

Saiba mais sobre o 6º Atlas da Notícia e participe!

intercom BRIGADEIRO

SÃO PAULO - SP
(11) 91628-5225
AV. BRIG. LUÍS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 12H E DAS 13 ÀS 17H (ATENÇÃO: NOS MESES DE JULHO E AGOSTO NÃO HAVERÁ ATENDIMENTO PRESENCIAL.
ENTRE EM CONTATO POR E-MAIL OU POR TELEFONE. O ATENDIMENTO TELEFÔNICO É DAS 9H ÀS 16H).




Desenvolvido por Kirc Digital - www.kirc.com.br