GP Folkcomunicação


Ementa

O Grupo de Pesquisa se dedica ao estudo dos processos comunicacionais presentes nas dinâmicas da cultura, a partir dos seguintes enfoques: as manifestações populares e das classes marginalizadas em suas interseccionalidades e suas práticas de resistência na ótica da diversidade e da inclusão social, ativismo e agentes intermediários de comunicação, as apropriações midiáticas dos fenômenos culturais populares, as questões comunicacionais que dialogam com as políticas culturais e as indústrias criativas, os intercâmbios e trocas simbólicas nas sociedades tradicionais locais, regionais e globais. O Grupo contempla aspectos teóricos e metodológicos resultantes de pesquisa científica, bem como estudos empíricos voltados às interrelações entre comunicação e cultura.

Palavras-chave: Em breve.

E-mail do grupo: gp.folkcomunicacao@intercom.org.br

Revista: revistas.uepg.br/index.php/folkcom

Facebook: facebook.com/redefolkcom/

Coordenador: Marcelo Sabbatini (UFPE)

Currículo lattes






Vice-coordenadora: Betânia Maciel (ESUDA/CLAEC)

Currículo lattes

PUBLICAÇÕES PRODUZIDAS COLETIVAMENTE PELO GP

Dossiê: Folkcomunicação e políticas públicas. Revista Internacional de Folkcomunicação. Org.: Cristina Schmidt, Bárbara Luchesi Ramacioti e Agnes Arruda, volume 15, no. 54, 2017.

Dossiê Folkcomunicação. Revista Razón y Palabra (Instituto Tecnológico de Monterrey, México), no. 60, enero-febrero, 2011. Organizadora: Betânia Maciel.

GADINI, Sérgio; WOITOWICZ, Karina. Noções básicas de Folkcomunicação: Uma introdução aos principais termos. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2007.

SCHMIDT, Cristina. Arena Global: Avanços teóricos e metodológicos. São Paulo: Editora Ductor, 2006.

BREGUEZ, Sebastião. Folkcomunicação: Resistência cultural na sociedade globalizada. São Paulo: Intercom, 2004.

BIBLIOGRAFIA DE REFERÊNCIA

AMPHILO, Maria Isabel. A gênese, o desenvolvimento e a difusão da folkcomunicação. 2010. 733f. Tese de Doutorado (Doutorado em Comunicação)– Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), São Bernardo do Campo, 2010.

ARAGÃO, Iury Parente. Elos teórico-metodológicos da Folkcomunicação: retorno às origens (1959-1967). Tese de Doutorado (Doutorado em Comunicação Social) – Programa de Pós-graduação em Comunicação Social, Faculdade de Comunicação. Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), São Bernardo do Campo, 2017.

BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação e a comunicação dos marginalizados. São Paulo: Cortez, 1980.

BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação: um estudo dos agentes e dos meios populares de informação de fatos e expressão de ideias. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

BELTRÃO, Luiz. O folclore como sistema de comunicação popular. João Pessoa, 13 nov.1977.

BENJAMIN, Roberto. Folkcomunicação no contexto de massa. João Pessoa: Publisher, Editora Universitária/UFPB, 2000.

BENJAMIN, Roberto (Org.). Itinerário de Luiz Beltrão. Recife: AIP/UNICAP, 1998. 311p.

BREGUEZ, Sebastião. Folkcomunicação: Resistência cultural na sociedade globalizada. São Paulo: Intercom, 2004.

CANCLINI, Néstor García. Diferentes, desiguais e desconectados: Mapas da interculturalidade. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2007

DOWNING, John D. H. Mídia Radical - Rebeldia nas Comunicações e Movimentos Sociais. São Paulo: Editora: Senac

FELICIANO, Fátima. Luiz Beltrão: um senhor do mundo. Tese (doutorado) – Universidade de São Paulo, Departamento de Jornalismo e Editoração da Escola de Comunicações e Artes. Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, São Paulo, 1993. 191p.

GADINI, Sérgio; WOITOWICZ, Karina. Noções básicas de Folkcomunicação: Uma introdução aos principais termos. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2007.

MARQUES DE MELO, José; FERNANDES, Guilherme Moreira (Orgs.). Metamorfoses da folkcomunicação: antologia brasileira. São Paulo: Editae! Cultural, 2013.

MARQUES DE MELO, José (Org.). Folkcomunicação. São Paulo: ECA/USP, 1971.

MARQUES DE MELO, José. História do pensamento comunicacional. São Paulo, Paulus. 2003.

MARQUES DE MELO, José. Mídia e cultura popular: história, taxionomia e metodologia da folkcomunicação. São Paulo: Paulus, 2008.

MARQUES DE MELO, José. Nos tempos da gloriosa: meus encontros, desencontros e reencontros com Luiz Beltrão. In: BENJAMIN, Roberto (Org.). Itinerário de Luiz Beltrão. Recife: AIP/UNICAP, 1998. p.148-168.

SCHMIDT, Cristina; VALENTE, Heloisa; PRADOS, Rosália. Mídia e Políticas Culturais. Vol.1 - Série Análysis. São Paulo: Editora Ícone, 2015.

SCHMIDT, Cristina. Folkcomunicação na arena Global: Avanços teóricos e metodológicos. São Paulo: Editora Ductor, 2006.

SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a Mídia. São Paulo: Loyola, 2005.

TRIGUEIRO, Osvaldo Meira. Folkcomunicação e ativismo midiático. João Pessoa: EdUFPB, 2008.

LOPES FILHO, Boanerges; (outros). Folkcomunicação no limiar do século XXI. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2012.

Obra estrangeira:

AGUILAR, Cristian Yáñez; FERNANDES, Guilherme; SARTORI, Rodrigo; VALENZUELA, Víctor Hugo; ROJAS, Carlos Del Valle; MARQUES DE MELO, José. Folkcomunicación en América Latina: diálogos entre Chile y Brasil. Facultad de Educación, Ciencias Sociales y Humanidades. Ediciones La Frontera: Universidad de La Frontera, Chile, 2016.

intercom BRIGADEIRO

SÃO PAULO - SP
(11) 3892 7557
AV. BRIG. LUIS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



Horário de atendimento:
Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13 às 17h




Desenvolvido por Kirc Digital - www.kirc.com.br