GRUPOS DE PESQUISA INTERCOM: GP COMUNICAÇÃO, MÍDIAS E LIBERDADE DE EXPRESSÃO

18 de janeiro de 2023

A liberdade de expressão, suas manifestações, as disputas e os entraves a sua concretização têm sido questões fundamentais no Brasil e no mundo nos últimos anos. E este é o foco do Grupo de Pesquisa (GP) Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão, que foi renovado na reestruturação que a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) promoveu em seu braço científico em 2021.

Com 20 artigos aprovados e 17 apresentados nas quatro sessões do GP durante o 45º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom 2022), em setembro na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em João Pessoa, o GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão conseguiu manter a quantidade de trabalhos apresentados no congresso nacional on-line de 2021. "O número expressivo de trabalhos do GP no Intercom 2022 demonstra a relevância e a urgência das discussões acadêmicas e das reflexões críticas sobre a liberdade de expressão, sobre os direitos humanos e sobre a própria democracia, que tem sido tão atacada no Brasil e no mundo nos últimos anos", afirma Nara Lya Cabral Scabin (UAM), que coordena o GP ao lado de Andrea Limberto Leite (Senac-SP). "Tivemos participação bastante ativa não só dos autores que estavam apresentando em cada sessão, mas também dos membros do GP que apresentaram em outras sessões. Então, o quórum foi constante ao longo das sessões, com a participação ativa dos pesquisadores que integram o GP e de um público externo ao grupo. Esse encontro presencial foi um momento academicamente profícuo, e também de acolhimento e muita afetividade."

A qualidade e a diversidade das pesquisas apresentadas em 2022 também são destacadas pela professora Nara Scabin, que faz uma avaliação positiva das sessões do GP em João Pessoa: "Todos os trabalhos passaram por uma avaliação por pareceristas, alguns foram revisados antes de serem aprovados e todos os trabalhos apresentados foram debatidos em profundidade. Isso foi possível porque, na montagem das sessões do GP, procuramos deixar um tempo significativo para debate, incluindo discussões individualizadas sobre cada trabalho e, ao final das sessões, um debate geral considerando as interfaces entre os trabalhos apresentados", explica.

Antes das quatro sessões de apresentação de trabalhos, o GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão realizou a sessão especial "O direito à comunicação em debate", com os pesquisadores convidados Renata Rolim (UFPB), que falou sobre "A liberdade de expressão como princípio democrático e a atuação política do Poder Judiciário", e Vitor Blotta (USP), que tratou do mapeamento de violências contra a comunicação a partir do conceito de interseccionalidade. Além das duas conferências, a sessão teve o lançamento do livro "Censura, Justiça e Regulação da Mídia na Redemocratização”, de Ivan Paganotti (Umesp).

Segundo a professora Nara, o GP costuma organizar sessões especiais como espaços para o debate de temas urgentes tanto dentro do campo da Comunicação como um todo quanto dentro do escopo específico do grupo, promovendo o diálogo entre pesquisadores(as) que compõem seu núcleo duro e outros(as) de fora do GP. "Essas sessões também contribuem para o compartilhamento de uma espécie de estado da arte do pensamento que tem sido construído em nosso grupo de pesquisa", afirma.

Ainda em 2022, o GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão publicou, na revista RuMoRes (v. 16, n. 32), o dossiê "Liberdade de expressão: perspectivas críticas a partir de mediações e processos na cultura midiática", com 11 artigos resultantes de debates realizados nos encontros do grupo e também escritos por pesquisadores(as) externos(as) ao GP. A publicação faz parte do empenho da coordenação do GP para cumprir sua vocação de promover a produção de conhecimento sobre a temática da liberdade de expressão e a divulgação desse conhecimento tanto para a comunidade acadêmica como para a sociedade em geral. "A diversidade de pesquisas que o grupo abrange é fundamental, no sentido de fortalecer o pensamento comunicacional sobre a liberdade de expressão, sobretudo no momento em que a liberdade de expressão, os direitos humanos e as garantias democráticas têm sido sistematicamente atacados no Brasil e no mundo", avalia Nara Scabin.

As metas traçadas pela coordenação para o triênio 2022-2024 priorizam o estreitamento da relação entre os(as) integrantes do GP, bem como o adensamento das interfaces e dos intercâmbios com outros grupos de pesquisa. Assim, o GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão planeja realizar uma atividade on-line a fim de intensificar a difusão das pesquisas de seus(suas) integrantes e aumentar a visibilidade do grupo na comunidade acadêmica do campo da Comunicação no Brasil. "A organização de publicações, que tem se mostrado uma vocação ao longo de toda a história do grupo, também é um objetivo importante, no sentido de fortalecer o pensamento construído no grupo e de difundi-lo para além dele", conclui a coordenadora, antecipando que está nos planos publicar um e-book sobre a liberdade de expressão durante o governo Bolsonaro.

O GP Comunicação, Mídias e Liberdade de Expressão convida a comunidade da Intercom a seguir sua página no Facebook @gplivrexpressao e seu perfil no Instagram @gpliberdade_expressao

Confira também a ementa e as publicações do GP no Portal Intercom, e os trabalhos publicados nos Anais do Intercom 2022.

SÉRIE ESPECIAL GRUPOS DE PESQUISA INTERCOM

A Intercom mantém 33 GPs, abrangendo as mais diversas áreas da Comunicação. Leia as matérias anteriores e conheça mais GPs:

GP Cinema

GP Comunicação, Tecnicidades e Culturas Urbanas

GP Comunicação e Esporte

GP Comunicação, Divulgação Científica, Saúde e Meio Ambiente

GP Ficção Televisiva Seriada

GP Comunicação e Trabalho

GP Geografias da Comunicação

GP Semiótica da Comunicação

GP Produção Editorial

GP Comunicação e Desenvolvimento Regional e Local

intercom BRIGADEIRO

SÃO PAULO - SP
(11) 91628-5225
AV. BRIG. LUÍS ANTÔNIO, 2.050 - CONJ. 36- BELA VISTA
SECRETARIA@INTERCOM.ORG.BR



HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 12H E DAS 13 ÀS 17H (ATENÇÃO: NOS MESES DE JULHO E AGOSTO NÃO HAVERÁ ATENDIMENTO PRESENCIAL.
ENTRE EM CONTATO POR E-MAIL OU POR TELEFONE. O ATENDIMENTO TELEFÔNICO É DAS 9H ÀS 16H).




Desenvolvido por Kirc Digital - www.kirc.com.br